quarta-feira, 26 de março de 2014

Nos dias 01 a 05 de março período carnavalesco, a Jufra de Barra do Corda realizou o IV Retiro Espiritual, reunindo jovens das diversas pastorais local e cidades vizinhas.

 Santa Missa, estudo Bíblico, gincanas e muita descontração, quatro dias proveitosos irmãos animados.



Momento de Adoração

Santa Missa Presidida pelo Frei Rafael Hattyla e Padre Paulo
Com assistência Espiritual do frei Rafael, Pe. Paulo e da Ir. Cristiane. Jovens que optaram em está mais perto de Deus em um tempo de festas profanas. Momentos maravilhosos, a Fraternidade Santa Rosa de Viterbo está de parabéns por mais este belo retiro.
Foto oficial do IV Retiro Espiritual em Barra do Corda-MA

sexta-feira, 14 de março de 2014

JUFRA DE SÃO LUÍS, CELEBRA O DIA NACIONAL DO JUFRISTA

JUFRA DE SÃO LUÍS - I DISTRITO
No último dia 09 de Março (domingo) a JUFRA de São Luís - I Distrito, se reuniu para celebrar no bairro da COHAB, o Dia Nacional do Jufrista. Com a acolhida feita pelos irmãos e irmãs da Fraternidade Santa Rosa de Viterbo, as Fraternidades São Francisco e Santa Clara (Hab. Turu), Santa Clara (Anil) e Amigos para Sempre (Liberdade) marcaram presença, além de irmãos e irmãs da OFS e as irmãs Caren Sousa e Lanna Cristina que faziam parte da Fraternidade Santa Clara (Maiobão), extinta em 2013.

MOMENTO DE CONVÍVIO ENTRE AS FRATERNIDADES
MOMENTO DA CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA
JUFRISTAS...
O momento teve seu início com uma dinâmica de apresentação, seguida da leitura e partilha do Evangelho (Mt. 4, 1-11) conduzido pela nossa irmã Karolaine Millayda (Subsecretária Regional para o I Distrito). Em seguida houve alguns testemunhos sobre o que é ser jufrista.

Encerramos o momento com a partilha de um delicioso lanche e a celebração eucarística na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro - COHAB.

Ser jufrista é... 

Ser Jufrista é recordar! O que dizer de um dia que remete a tantas recordações... Recordações pessoais, coletivas, de perto, de longe, tranquilas e até um tanto turbulentas... Mas sempre fraternas!
Ser Jufrista é lembrar na pele! São memórias que renascem e que nos fazem sentir as horas na estrada rumo a um encontro ou visita fraterna; as ausências em momentos importantes da família; a ralação para arrecadar fundos para o caixa da fraternidade, o frio de um aeroporto gelado rumo aos congressos; mas também o calor de um abraço de um irmão de longe; o cheiro do café da mãe de uma irmã da fraternidade; o som de um pássaro que cantava em um retiro; o gosto do cachorro-quente, prato oficial dos encontros da JUFRA; as cores das bandeiras na foto dos encontros nacionais e até internacionais... Todos os sentidos ficam aguçados com essas memórias que esse dia suscita.
Ser Jufrista é recomeçar! É certo que, por mais que saibamos e tentemos seguir nossos ideais, sempre nos deparamos com momentos em que o cansaço, as frustrações, a correria do dia a dia nos desmotiva a continuar. Aí a gente lembra: "Pouco ou nada fizemos, vamos recomeçar..." E tudo se renova! Buscamos uma força que parece brotar lá do fundo da gente e vai crescendo, crescendo e quer sair de nós, não cabe em nós, sentimos a necessidade de dividir com os irmãos e irmãs e contagia todo mundo. Isso é ser Jufrista!
Ser Jufrista é encarar desafios! Quem de nós nunca se imaginou em um cargo na fraternidade e quando se deu conta já fazia parte de uma equipe regional, nacional... Se isso ainda não aconteceu com vocês, meus irmãos e minhas irmãs preparem-se!
Ser Jufrista é conhecer o outro! É perceber a unidade nas diferenças. Lembremo-nos do irmão que emprestou um cobertor no sul, da irmã que ofereceu um tereré/tererê  ou um pão de queijo no centro, do samba que alguém do sudeste ensinou, da rede preguiçosa de quem se preocupa com nosso conforto no nordeste e do gostinho de açaí com carimbó na comida e na dança dos Jufristas no norte... Nossa JUFRA do Brasil é linda!
Ser Jufrista é sair em missão! Nossos trabalhos nas Jornadas de Direitos Humanos, nossas manifestações nos Gritos dos Excluídos, nossas mobilizações em tantos projetos, nossas orações em cada campanha, nossa participação nos eventos da JUFRA desde os encontros na fraternidade, passando pelos congressos regionais e nacionais até o encontro internacional sediado pela JUFRA do Brasil e a Jornada Mundial. Quanto pé na estrada hein! Quanta luta!
Ser Jufrista é ser vigilante! Não tem nada mais cansativo que ficar horas aprovando estatuto e concluindo pautas até altas horas nos congressos por aí afora... Formadores que viram madrugadas escrevendo para o Caderno de Formação e para o blog, irmãos que mandam mensagens às três da manhã pra desejar um feliz dia do Jufrista! Equipes que ficam horas em reuniões online no facebook e/ou whatsapp para que tudo o que saia nos materiais e nos encontros da JUFRA sejam o melhor que podemos oferecer. Mas tudo vale a pena... Pois aquilo que fazemos com amor não nos enfraquece, ao contrário, nos acrescenta.
Ser Jufrista... é algo tão peculiar, mas também tão simples. Tão pessoal e também tão grupal. E a cada momento, a cada vivência nos definimos de maneira própria, singular. E pra você? O que é ser Jufrista? Pense nisso! Que nesse dia do Jufrista possamos nos reconhecer com tudo que somos, com tudo que temos como jovens franciscanos.

Tenhamos um dia do Jufrista abençoado e que nosso jeito de ser possa mudar o mundo a nossa volta!


Parabéns, Jufristas de São Luís, do Maranhão, do Brasil!

quinta-feira, 13 de março de 2014

Carta de apresentação da nossa Animadora Fraterna Regional

ORDEM FRANCISCANA SECULAR DO BRASIL-OFS
REGIONAL NORDESTE A 1 - MARANHÃO
JUVENTUDE FRANCISCANA DO BRASIL-JUFRA REGIONAL NORDESTE A1.                                                                                                   
                                         Codó-Ma, 13/03/2014

 “Estou semeando as sementes da minha mais alta esperança. Não busco discípulos para comunicar-lhes saberes. Busco discípulos, para neles planar minhas esperanças.” (Rubem Alves).


Queridos irmãos e irmãs da Juventude Franciscana e Ordem Franciscana Secular do Maranhão é com muita alegria que me dirijo para me apresentar como Animadora Fraterna Regional, e agradecer a todos pelo voto de confiança tanto da JUFRA pela indicação e a OFS pela confiança depositada. E com espírito de serviço quero me colocar a disposição do Senhor que escolhe, capacita e conduz. E quero me dirigir a JUFRA sempre com espírito de colaboração, trazendo um pouco de minhas experiências e ensinamentos de irmã mais velha. E a OFS com espírito de aprendiz e desejo de caminhar junto levando nossa essência franciscana aos jovens, para que possam se sentir motivados e incentivados a seguir sua caminhada agora e mais tarde na Ordem Franciscana Secular. Quando refletimos o papel do animador nos vem o modelo de ponte, o elo da corrente, o irmão mais velho que dá conselho. Sei que é muito mais do que isso, alguém que contribui para formação de jovens mais conscientes e maduros no carisma dando testemunho de vida, incentivando e animando o seguimento da caminhada na OFS. Espero nestes dois anos e meio de regional poder animar nossas fraternidades de JUFRA e OFS, contribuir com o trabalho do Secretariado Regional da JUFRA em seus projetos. E para a OFS estarei sempre a serviço levando nosso carisma aos jovens atuando como instrumento para gerar novas vocações para a Ordem, bem como a criação de novos núcleos de JUFRA. Desde já espero contar com as orações de todos e ajuda na execução dos projetos que virão através da parceira de JUFRA e OFS.
Um abraço fraterno a todos que fazem do nosso movimento vivo e atuante.

 De vossa irmã sempre menor.

Simone Oliveira do Nascimento

(Animadora Fraterna Regional da Jufra MA-NE A1)

quinta-feira, 6 de março de 2014

MENSAGEM DO SUBSECRETÁRIO REGIONAL DE AÇÃO EVANGELIZADORA PELO DIA DO JUFRISTA


Pregue o Evangelho em todo tempo. 
Se necessário, use palavras.
São Francisco de Assis

SANTA ROSA DE VITERBO PADROEIRA DA JUFRA

Dia 06 de março, dia de Santa Rosa de Viterbo, a padroeira dos Jovens Franciscanos Seculares.
Olhando para a história de alguns santos da nossa igreja, nós os a percebemos; existem pontos comuns: um deles, viver o cotidiano de maneira extraordinária. Não é porque fizeram muitas coisas extraordinárias, mas porque assumiram o ordinário da vida. “viver o cotidiano sempre com amor a Deus”.
Santa Rosa de Viterbo nasceu no ano de 1233, em Viterbo, muito bem educada a criança já dada a uma vida mística, uma vida de comunhão com Cristo e com os irmãos, uma vida sensível, para com o sofrimento dos outros, entregues a Deus. Conta-se que na sua história, com apenas três anos de idade, em meio a uma oração diante do falecimento da sua tia, ela pediu para que o Senhor a ressuscitasse, não é que aconteceu? É bonito, nós percebemos como Deus faz o que quer, mas através daqueles que querem fazer a vontade dEle todos os momentos, e a pequena Rosa assim quis viver.
Muito cedo também, ela quis entra para a Ordem franciscana como Clarissa, mas não foi possível ainda, ela era muito nova, mas nem por isso deixava de viver a vida de oração, deixava de abrir-se para Deus, tanto que esse chamado para ordem Franciscana para ser Clarissa, ela descobriu a meio uma enfermidade, quando estava à beira da morte, Nossa Senhora apareceu para ela e confirmou o seu chamado. Santa Rosa de Viterbo uma apaixonada por Jesus enquanto criança, logo apaixonado pela verdade. Entrou para a Ordem das Irmãs Clarissa aos 16 anos de idade.
No dia 06 de março de 1252, “sem agonia”, Deus a chamou, e a “santinha” morreu aos 18 anos de idade.
·        A mensagem de Santa Rosa continua atual, plenamente válida e urgente: Conversão, Mudança de vida, Fidelidade ao Evangelho e a Igreja, Amor e Paz.
Repito não fez muitas coisas extraordinárias, assumiu o ordinário da vida, o cotidiano, e deixou Deus transformar o cotidiano em algo extraordinário.
·        É verdade, seu cotidiano, meu cotidiano, às vezes pesados, cheio de desafios, é aí que o amor de Deus quer se manifestar, é no dia a dia que Deus quer gerar “o santo”, “a santa”, que eu e você precisamos ser.
Santa Rosa de Viterbo depois de uma grave enfermidade, com apenas 18 anos de idade já estava preparada, Deus a chamou a se encontrar na Glória. Uma jovem que deixou este grande testemunho para os jovens e toda igreja: “vale apena amarmos a Deus em todos os momentos”. É no amor a Deus e ao outro que o nosso cotidiano, por mais difícil que seja vai ser transformado, vai ser santificado.
Jovens hoje celebramos este dia, como nosso dia, de nos reconhecermos como verdadeiros franciscanos. Não basta ESTAR na Jufra, é preciso SER franciscano no cotidiano, assim esse dia terá sentido na nossa vida. É dia de motivar, animar, manifestar o carisma francisclariano que nasceu dentro de nós, e viver o cotidiano da vida fazendo o bem a Deus e ao próximo.
PAZ E BEM!
Ruan Carlos
Subsecretário Regional de Ação Evangelizadora

REGIONAL NE A1

DIA NACIONAL DO JUFRISTA


“Portanto, se o Senhor nos chamou a coisas tão elevadas que  em nós possam espelhar-se os que deverão ser exemplo e espelho para os outros,  estamos obrigados a bendizer e louvar a Deus, dando força ainda maior uns aos  outros para fazer o bem no Senhor.”(Testamento de Santa Clara)
Queridos Jufristas, Paz e Bem! É novamente nosso dia, dia do Jufrista! Motivo para celebrar,...

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

TÁ CHEGANDO A HORA...


Irmãos e irmãs da JUFRA do Maranhão,
Paz e Bem!

É com muita alegria que venho no nosso espaço para partilhar a alegria e ao mesmo tempo, a ansiedade pela proximidade de mais um grande encontro fraterno. Nos dias do Carnaval, a JUFRA de todo o Nordeste estará reunida para celebrar o XXII Encontro das Áreas Nordeste A e B, que será realizado de 01 a 04 de Março na cidade de Maceió/AL. Irmãos e irmãs vindos de todos os cantos desta região rica em cultura, diversidade de sotaques, culinária, entre outras coisas boas que só o Nordeste tem.

Neste encontro, a JUFRA do Maranhão estará sendo bem representada pelo nosso Secretário Fraterno Regional, o irmão Clerisvaldo Costa e pela nossa Animadora Fraterna Regional, a irmã Simone Oliveira do Nascimento.

Por isso, quero de coração que se unam a todos que estarão neste encontro, rezando pelo seu bom êxito e que seja marcante na vida dos jufristas que lá estarão. Pois as decisões serão tomadas pensando em todas as fraternidades de JUFRA no Nordeste e, consequentemente, do Brasil.

Que São Francisco, Santa Clara e Santa de Rosa de Viterbo, intercedam por todos nós jufristas, para que jamais percamos de vista, nosso ponto de partida.

Um abraço a todos/as e bom carnaval!

Fraternalmente, 

Sandolini Braga, OFS/JUFRA
Subsecretário Nacional para a Área NE A

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Gesto Concreto "Jantar com Irmãos de Rua".

No dia 15/02/2014, sábado, às 17 horas a Fraternidade Santa Clara de Assis - Jufra do Anil, realizou na Praça Deodoro - Centro de São Luís a ação “Jantar com irmãos de rua” acompanhada de irmãos da Fraternidade O Caminho. Para realização da ação foram preparadas e distribuídas 100 "quentinhas", juntamente com refrigerante e suco aos irmãos que vivem nas ruas, pelas redondezas do Centro de São Luís.



Além da distribuição da refeição, houve o momento de leitura e reflexão da palavra e louvor a Deus juntamente com os irmãos de rua. Assim que feita a distribuição das "quentinhas" cada irmão da fraternidade de Jufra e do Caminho puderam conversar com os irmãos de rua, compreender um pouco da vida de cada um daqueles irmãos e oferecer uma palavra amiga e acolhedora.



 Diante desta ação toda a fraternidade tem somente a agradecer a Deus e deixa o seguinte versículo para que todos possam refletir:

 Assim também vós, depois de haverdes feito tudo o que vos foi ordenado, dizei: Somos servos inúteis, fizemos o que devíamos fazer. (Lucas 17:7-10). Paz e Bem!


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

É FESTA!

FRATERNIDADE IR. SOL E IR. LUA - I DISTRITO - MIRINZAL

        Que o Senhor continue iluminando nossas vidas com a vida de vocês, Que o carisma Francisclariano nunca se apague nos seus corações. Parabéns à Fraternidade. Paz e Bem!

“Ninguém é suficientemente perfeito que não possa aprender com o outro; e ninguém é totalmente destruído de valores que não possa ensinar algo ao seu irmão."
  Francisco de Assis

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

REALIZADO O ENCONTRO REGIONAL DE FORMAÇÃO

No fim de semana de 07 a 09 de Fevereiro, a JUFRA do Maranhão esteve reunida por meio de seus (suas) Secretários (as) Fraternos (as) Locais e Subsecretários (as) de Formação para o Encontro Regional de Formação, cujo objetivo foi estudar as Diretrizes de Formação da JUFRA do Brasil e sugerir por meio de propostas, as alterações necessárias para o documento que data de 1995, das quais serão analisadas e aprovadas durante a realização do IV CONJUFRA Extraordinário a realizar-se de 01 a 04 de Maio em Mogi Mirim/SP.

Iniciando na sexta feira (07) com a palavra de nosso Secretário Fraterno Regional, o irmão Clerisvaldo Costa, seguindo com a apresentação dos irmãos e irmãs presentes.
No sábado (08) as atividades iniciaram após o café com o irmão Sandolini Braga (Subsecretário Nacional para a Área NE A) que foi convidado pelo Secretariado Fraterno Regional para assessorar o estudo. O irmão Sandolini Braga, iniciou abrindo espaço para o Raio-X das Fraternidades, onde cada uma pôde relatar a situação formativa de sua fraternidade. Em seguida passamos para um estudo das Diretrizes de Formação da JUFRA do Brasil, revisitando e revisando-a. Antes do almoço, foram formados grupos de trabalho (Iniciantes, FBJ e EFF) para análise e posterior sugestões de propostas para alteração das Diretrizes.

GT 1 - Etapa de Formação para Iniciantes
GT 2 - Formação Básica da JUFRA - FBJ

GT 3 - Etapa de Formação Franciscana - EFF
A tarde retornamos para concluir os trabalhos e apresentar as propostas construídas com responsabilidade e o desejo de formar novos jovens para a caminhada franciscana. Encerrando as atividades, depois de muito estudo, veio o nosso animado e divertido convívio fraterno com muita animação, descontração, dança e muitas risadas. No domingo pela manhã, todos participaram da Missa e ao retornarmos as atividades, fez a leitura e reflexão da Carta de Guaratinguetá: A JUFRA QUE QUEREMOS SER. Para fechar o encontro, o irmão Clerisvaldo Costa, conduziu um momento de avaliação do encontro, onde os irmãos e irmãs puderam agradecer e das sugestões.

Na certeza de que a JUFRA do Maranhão segue no caminho certo, agradecemos a todos/as que participaram do encontro, neste momento histórico de mudanças nos seus documentos, pela qual a JUFRA do Brasil irá passar, a todos/as aqueles/as que contribuíram direta e indiretamente para o bom êxito deste.

Que Deus sob a interseção de nosso Seráfico Pai São Francisco nos abençoe e nos guarde para sempre.
Paz e Bem!

E onde quer que os irmãos e irmãs estejam reunidos, tratem-se uns aos outros como membros de uma só família.